Procurar no site

Contacto

Pai Alex D'Oxalá

0XX (21) 979367573

aldeiapenabranca@gmail.com

Notícias

DICAS DA ALDEIA -

14-09-2016 00:00
DICAS DA ALDEIA A COLUNA MENSAL SOBRE EVENTOS, LIVROS, CURIOSIDADES RELIGIOSAS, SHOWS. FIQUE LIGADO, TODO MÊS DICAS NOVAS PARA VOCÊ! ENCONTRO CLUBE DOS OGAS         Casa Mater da Umbanda. Berço da Aldeia Caboclo Pena Branca. Lindo está ficando nosso gongá! Parabéns a...

Caridade Divina

18-04-2016 18:10
Para refletir... Somos instrumentos da caridade divina. E do mal que vibramos e desejamos ao próximo. Não devemos nunca responsabilizar ou culpar quem quer que seja por nossos atos. Precisamos valorizar o livre arbítrio e aceitar que faremos sempre o que nossa evolução moral e espiritual nos...

Confundindo o Médium com a Entidade

14-09-2015 14:31
Confundir o médium com a entidade é um assunto que vejo com frequência nas listas de bate-papo, nos canais de chat ou até mesmo dentro de terreiros de Umbanda. Isso acontece tanto da parte do médium quanto da parte do consulente e, cabe a nós, como médiuns, evitar ao máximo que isso aconteça...

Umbanda uma religião includente e Democrática

14-09-2015 14:29
Umbanda, uma religião includente e democrática.   Como explicaríamos a nossa religião de uma forma simples e educativa?   Principalmente nós que somos tão seriamente perseguidos pelo preconceito e por equívocos de algumas correntes que nos confundem com feiticeiros e/ou praticantes de...

Dia de Gira

14-09-2015 13:47
Dia de gira Não é bom fazer comparações, mas se observarmos outras religiões vamos perceber que existe por parte dos fieis uma preparação para ir à missa, ao culto, a reza e etc. É só passar em frente a uma Igreja, ou uma Sinagoga, ou uma Mesquita, ou um Templo de qualquer outra religião e...

Fraternidade Umbandista Aldeia Caboclo Pena Branca – 6 anos

17-07-2015 17:35
Em 2015 nossa aldeia completa 6 anos de existência, faço 8 anos como sacerdote e 17 anos de história dentro da Religião. Em outros anos no ato de demonstrar agradecimento pela nossa trajetória falei muito de todos os tropeços e avanços que a ALDEIA passou nesses 6 anos de história e...

Facebook proibe postagens religiosas depois de críticas de grupos ateus

09-07-2015 12:14
Facebook proibe postagens religiosas depois de críticas de grupos ateus   JULHO 8, 2015 E mais uma notícia para os que gostam de compartilhar a fé nas redes sociais. Em uma sessão a portas fechadas com os acionistas na terça-feira, executivos do Facebook criaram um conjunto de novas...

Menina Vítima de Pedrada - Intolerância Religiosa

17-06-2015 17:42
    O ódio e a intolerância contra religiões afro-brasileiras fizeram mais uma vítima no Rio: uma menina de 11 anos, que levou uma pedrada na cabeça. O caso ocorreu no domingo à noite, na Avenida Meriti, na Vila da Penha, Zona Norte da cidade. Por volta das 18h30, após uma festa em um...

E VOCÊ CONHECE SUA RELIGIÃO? ESTUDE SOBRE ELA!

07-04-2015 18:43
ATIVIDADES DOUTRINÁRIAS e de DESENVOLVIMENTO nos TERREIROS A opção religiosa pela UMBANDA quase sempre é precedida de muitas manifestações de preconceito, de ignorância e de intolerância. Em todos os campos de nossa vida em algum momento veremos pessoas se manifestando contra nossa opção ou...

EU MÉDIUM

07-04-2015 18:33
EU Médium A mediunidade e os seus cuidados Texto de Astolfo O. de Oliveira Filho De Londrina-PR I – Conceito de médium 1. Allan Kardec deu-nos a respeito do vocábulo médium dois significados: “Todo aquele que sente,...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Menina Vítima de Pedrada - Intolerância Religiosa

17-06-2015 17:42

 

 

O ódio e a intolerância contra religiões afro-brasileiras fizeram mais uma vítima no Rio: uma menina de 11 anos, que levou uma pedrada na cabeça. O caso ocorreu no domingo à noite, na Avenida Meriti, na Vila da Penha, Zona Norte da cidade. Por volta das 18h30, após uma festa em um barracão, um grupo de oito religiosos, vestidos com trajes brancos do Candomblé, caminhava de volta para casa. Na altura do número 3.318, dois homens em um ponto de ônibus do outro lado da via começaram a insultá-los.

- Quando viram várias pessoas vestidas de branco, começaram a insultar, gritando que a gente ia “queimar no inferno” por ser “macumbeiro” - lembra a avó, uma pesquisadora de 53 anos.

 

Até que, em determinado momento, um dos homens jogou uma pedra na direção ao grupo, que bateu num poste e atingiu a neta da pesquisadora, de 11 anos. De acordo com a avó, após a agressão e mais alguns insultos os suspeitos fugiram embarcando num ônibus.

- Ficamos todos muito nervosos, a gente não sabia o que tinha acontecido, só escutamos o estrondo. Minha neta sangrou muito, chegou a desmaiar. Não reagimos em nenhum momento, a prioridade era socorrer - lembra a avó.

 

O grupo retornou para o barracão, situado em Cordovil, a cerca de dez minutos do local do crime. Depois de limparem a menina, que estava com muito sangue pelo corpo, a levaram até o Posto de Assistência Médica (PAM) de Irajá, onde os médicos fizeram um curativo no ferimento. Segundo a avó, ela só não levou pontos porque estava com o ferimento muito inchado.

- Nunca tinha passado por uma situação dessa. Eu me senti impotente, não podia fazer nada. Ninguém estava prejudicando ninguém, me questiono por que fizeram isso. Acho que, independentemente do que a pessoa pratica ou no que acredita, em qualquer religião, a prioridade é tratar o ser humano como um irmão - desabafa ela, adepta do Candomblé há 33 anos, destacando que a neta está traumatizada e que iniciará um tratamento psicológico por causa do trauma.

No Facebook, a pesquisadora iniciou uma campanha contra a intolerância religiosa publicando fotos de candomblecistas segurando um cartaz com a frase “Eu visto branco, branco da paz, sou do Candomblé, e você?”. Nesta segunda-feira, a pesquisadora foi até a 38ª DP (Brás de Pina) registrar queixa. O crime foi registrado como intolerância religiosa e lesão corporal. Nesta quarta-feira, sua neta fará exame de de corpo delito.

 

 



Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/vitima-de-intolerancia-religiosa-menina-de-11-anos-apedrejada-na-cabeca-apos-festa-de-candomble-16456208.html#ixzz3dM1jIi2v

 



Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/vitima-de-intolerancia-religiosa-menina-de-11-anos-apedrejada-na-cabeca-apos-festa-de-candomble-16456208.html#ixzz3dM1VvzMX